CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Lembra de mim? - Sophie Kinsella


Lexi desperta em um leito de hospital após um acidente de carro, pensando que está em 2004, que tem 25 anos, uma aparência desleixada e um namoro desastroso. Mas, para sua surpresa, ela descobre que está em 2007, tem 28 anos, é chefe de seu departamento e sua aparência está impecável. E ainda é casada com um lindo milionário! Ela não pode acreditar na sorte que teve. Mas conforme ela descobre mais sobre a nova Lexi, nota problemas graves em sua vida perfeita. E, para completar, uma revelação bombástica pode ser sua única esperança de recuperar a memória.


Sophie Kinsella já era uma das minhas queridinhas pela sua famosa série Becky Bloom (impossível não amar), mas ela me conquistou de vez ao mostrar que seu talento vai além. Em "Lembra de mim?" pude confirmar o seu jeitinho especial para nos fazer suspirar com suas comédias românticas.
Lexi é o que podemos chamar de "azarada", com 25 anos vive um namoro terrível com Dave Fracasso (só pelo nome do cara já podemos imaginar a  qualidade do relacionamento... rs) e tem uma aparência um tanto quanto exótica já que seu cabelo está "super na moda" com sua cor de rato, como ela diz. 
Imagine então o susto de Lexi ao acordar numa cama de hospital e se deparar com unhas incrivelmente lindas e não fazer ideia de como elas cresceram e ficaram assim. Imagine alguém dizer que aquela bolsa Louis Vuitton é sua sendo que você não tem grana nem para pagar a alça de uma bolsa dessas de grife! Imagine se olhar no espelho e ver que seu cabelo cor de rato agora tem um tom castanho luminoso incrível e que sua pele está linda! E mais, imagine descobrir que você está vestindo dois números a menos que o normal! Isso tudo já foi suficiente para criar um grande nó na cabeça de Lexi, o que só piorou quando os médicos confirmaram a suspeita de que ela estava com amnésia. Nada do que ela tinha visto até o momento fazia sentido, como poderia ter esquecido que mudou o visual, como isso aconteceu tão rápido? Mas Lexi ainda tinha muitas coisas para descobrir, como o ano em que estava vivendo. Para ela ainda era 2004, mas todos confirmaram, assim como os jornais, que ela estava em 2007!! Sim, ela simplesmente esqueceu tudo que aconteceu em 3 anos de sua vida.
Tá achando tudo louco até agora? Aguarde então as próximas surpresas...
Em 3 anos pode não acontecer nada na vida de alguém, mas pode acontecer uma mudança radical, como no caso de Lexi. Além de ter ficado linda e magra, ela descobre que agora é a diretora do departamento onde trabalhava, graças a sua participação em um reality show para jovens empresários chamado Ambição (é tipo o nosso Aprendiz). Foi a sua passagem pelo programa que revolucionou tudo, pois lá ela conheceu Eric um dos jurados que agora é seu marido! Sim, Lexi está casada com um homem que ela não lembra quem é!! Se não bastasse o cara ser lindo do tipo galã de Hollywood, ele ainda é milionário e eles vivem em um apartamento dos sonhos, cheio de tecnologia e comodidades (é o estilo de vida loft, rs... quem ler vai entender e achar graça, rs).
Recapitulando: A Lexi de 2004 era feia, sem jeito, pobre e fracassada. A Lexi que acorda em 2007 se vê linda, poderosa, casada com um milionário e morando no casa dos sonhos de qualquer um. O que mais ela poderia achar se não que tirou a sorte grande? Sim, a impressão que ela tem é que está recebendo um presente dos céus e que não deve reclamar disso e se esforçar para se adaptar ao novo estilo de vida, inclusive ter que conviver com um marido que para ela é apenas um estranho.
Só que nem tudo são flores e todo esse sucesso teve um preço alto para Lexi e isso ela irá descobrir aos poucos. Será que ela ainda é para os outros a mesma Lexi de antes? Por que de repente ela teve essa sede de poder? Será que Eric é mesmo o marido perfeito? Tudo isso é mesmo um presente dos céus?
Em meio a esse turbilhão de novidades, ela descobre coisas sobre sua nova personalidade e uma revelação bombástica a faz parar e analisar tudo em sua vida...
Só posso dizer que acompanhar essa (re)descoberta de Lexi foi incrível, por vezes nós começamos a agir de uma maneira que não percebemos, mudamos nossas prioridades e deixamos de lado coisas importantes em busca de um ideal que nem sempre vale a pena. Com certeza o livro me faz parar e pensar sobre minha própria vida, sobre meus amigos do passado que não tenho mais contato, sobre minhas atitudes de hoje e sobre o que realmente importa. Mas não é um drama, é um romance delicioso e engraçado, tenho certeza que os amantes de um bom chick-lit vão adorar!

Título: Lembra de mim?
Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record
Número de páginas: 399
Onde comprar: Submarino / Americanas

Estava morrendo de saudades de postar aqui, então aproveitei o feriado para escrever. Beijos, pessoal!! 

P.S.: Estou super feliz por hoje eu bati a minha meta de leitura 2011!! Terminei o 40º livro do ano \o/

9 comentários:

  1. OMG! Eu nem sequer sabia do que se tratava a história!! Parece ser D+!!! Preciso desse livro agora. A autora já é maravilhosa e sua resenha me conquistou totalmente!!!

    Beijos!

    Máh - Crazy for books.

    ResponderExcluir
  2. Nossa Vivi, parabéns pela meta!!! Mesmo eu estando longe da minha, fico feliz quando alguém alcança... *-*

    Eu sempre tive ler um livro da Sophie Kinsella, ''Lembra de Mim?'' é um dos top's da lista, mas o problema é que eles são MUITO CAROS! O.O

    Outro dia eu quase comprei o ''Os Delírios de Consumo de Becky Bloom'' em inglês, mas aí eu me lembrei que eu estou com uma meta pessoal de não começar séries novas e nem comprar livros em inglês até o final do ano...

    Mas, no começo do ano que vem, com certeza os livros dela vão ser um dos primeiros que irei procurar.

    Ótima resenha!

    Henri B. Neto
    ''Na Minha Estante''

    ResponderExcluir
  3. Oi Vivi! Quanto tempo, não suma mais assim!

    Então. Eu adorei a resenha principalmente porque não li nada da autora (sim, é uma vergonha) e por vezes já coloquei livros dela no carrinho de compras. Mas no final, sempre desistia. Chick-lit é um estilo que tive contato mesmo a pouco tempo (não sei como chamava ele antes disso) e me encantei com o tom romântico e engraçado que prevalece nos livros. Sem dúvida foi uma ótima dica. Principalmente por toda a mudança da vida de Lexi!


    ;D
    Beijão!
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ai Amiga!
    (eu tinha escrito um comentário lindo pelo celular que não foi!) Sabe, acho que vale a pena esperar su inspiração bater porque vc escreve muito bem! Sua resenha ficou tão ótima!! Até me deu vontade de ler :) E sabe que além da Becky, o livro que sempre penso em ler da Sophie é o Samantha... esse sempre esteve em ultimo lugar, mas lendo sua resenha e tal... Acho que deve ser divertido, fofo e cheio de revelações surpreendentes!!

    Não abandone o blog, Vivi! Nós adoramos suas resenhas e vc precisa compartilhar suas leituras ^^

    bjsss
    Evellyn :)

    ResponderExcluir
  5. Vivi, este livro é o máximo!
    Eu amei tanto (li em inglês, rs) que nem sei como decidir qual dos livros da Sophie é o melhor de todos, hahahaha.
    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Chick-lits não estão entre meus livros favoritos, mas devo dizer que tenho uma imensa curiosidade em relação à autora Sophie Kinsella. Todo mundo SÓ fala bem dela, incrível! Quero bastante ler algo dela, realmente borbulho de curiosidade a cada resenha que leio de algum livro da autora.

    Bj
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Parabéns!

    Gostei muito do seu site!
    Seguindo!

    Ainda não conhece o meu site? então acesse
    http://saralupeti.blogspot.com/

    E Descubra o meu mundo

    " O Mundo de Sara Lupeti"

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Vivi... Eu adoro Kinsella! Adoro a Bloom! hauhau
    Mas esse livro da dela não me agradou tanto... apesar da trama ser maravilhosa, achei tão arrastada em alguns momento.Mas vale a pena ler!!!

    Adorei sua resenha!!!

    Bjus

    ResponderExcluir
  9. Oi Vivi!
    Nossa, não tem como não gostar desse livro, né? Morro de vontade de reler!
    Beijos!

    ResponderExcluir