CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Conheça: Pedro Bandeira

Desde que decidi criar este espaço uma das ideias era ter uma coluna semanal para apresentar os autores e falar de suas obras. Então criei a coluna "Conheça" que toda semana trará para vocês um resumo da vida e  da obra de algum escritor. Pretendo falar de nomes consagrados e também de novos talentos, nacionais e internacionais. O primeiro escolhido é o querido, amado, fofo e "bigodudinho": Pedro Bandeira.



Pedro Bandeira de Luna Filho é o autor de literatura infanto-juvenil mais vendido no Brasil, já vendeu mais de 20 milhões de exemplares e sua obra conquista a cada dia novos leitores que logo se apaixonam por suas histórias.





Nasceu no dia 9 de março de 1942 na cidade de Santos/SP, mas mudou-se para São Paulo em 1961 para cursar Ciências Sociais na USP.  Trabalhou como ator, diretor, cenógrafo, com teatro de bonecos, como professor de Literatura e Língua Portuguesa para o Ensino Médio, apresentou programas de televisão para jovens e fez vários comerciais. Mas a sua renda principal era do trabalho como jornalista e publicitário. Em 1972 começou a escrever histórias infantis que eram vendidas em revistas nas bancas de jornais. Só em 1982 com o lançamento do seu primeiro livro, "O dinossauro que fazia au-au", que Pedro passou a se dedicar exclusivamente aos livros infantis e juvenis.

Como um bom autor dedicado, Pedro Bandeira estudou Psicologia e Educação para entender melhor seu público. Hoje, como especialista em letramento e técnicas especiais de leitura, profere conferências para professores em todo Brasil.
Pedro já recebeu muitos prêmios importantes como o desejado Prêmio Jabuti (Melhor livro infantil: O fantástico mistério de Feiurinha - 1986), o Prêmio APCA (Melhor livro juvenil: A marca de uma lágrima - 1986), o Prêmio Adolfo Aizen (Melhor livro infantil: Chá de sumiço - 1992) e muitos outros.

Sua obra hoje passa dos 100 títulos e você com certeza já ouviu falar de pelo menos um deles. As aventuras dos "Karas" são as mais conhecidas, pois muitos professores de literatura adotam o livro "A droga da obediência" em suas aulas. Mas se você ainda não conhece garanto que vale a pena ler! Eu li todos esses livros na época da escola, mas recentemente comprei alguns por apenas R$ 3,00 numa feirinha de livros na rua, sim isso mesmo, R$ 3,00! Claro que são livros usados, mas estão em ótimo estado. 












E eu não poderia deixar de citar o primeiro livro que li do Pedro Bandeira: "A marca de uma lágrima". Se você tem uma irmã, sobrinha, prima ou filha pré-adolescente, dê esse livro de presente!! Fez parte da minha história e abriu as portas do meu coração para o maravilhoso mundo da leitura, além de ser um romance muito bonitinho. Outro livro muito legal é o "Agora estou sozinha", excelente para meninas que estão começando a se apaixonar. Na imagem abaixo também temos o "Descanse em paz, meu amor..." e "Prova de fogo" que eu ainda não li, mas pretendo adquirir se encontrar em alguma feirinha por aí, rs.














Se você quiser conhecer toda a obra do autor clique aqui para acessar a sua Biblioteca Completa que também está disponível no seu site:

No site do Pedro temos algumas respostas para as frequentes perguntas que são feitas para ele, selecionei as melhores para postar aqui e mostrar porque eu amo tanto o cara.
Por que seus livros agradam tanto?
Porque tratam de emoções humanas. Shakespeare escrevia sobre amor, ódio, cobiça, ou seja, sentimentos que jamais mudarão. Por isso, suas obras são encenadas até hoje. Se o jovem lê sobre pessoas vibrando, sofrendo, sonhando e se emocionando, tal como ele, é muito provável que irá gostar da história. É o que acontece nos meus livros.
É o que eu não me canso de falar, o livro precisa mexer com os sentimentos dos jovens, precisa ter relação com a realidade. Mesmo nas histórias que envolvem mistérios e aventuras sobrenaturais, Pedro consegue fazer com que os adolescentes se identifiquem. Isso é muito bom, é coisa de quem entende e sabe o que está fazendo.
E a linguagem para jovens, como é trabalhada nos seus livros?
Em geral não uso gírias, porque elas remetem a um tempo determinado. O livro que eu escrevi em 1985, por exemplo, estaria completamente desatualizado hoje em dia. E tem outra coisa, a gÍria é regional. Então, uso a norma culta o tempo inteiro. E graças a isso os livros que escrevi há vinte anos continuam sendo lidos hoje.
Quem me conhece sabe que apesar de gostar bastante dos livros daquela senhorita brasileira que escreve para adolescentes e vende muito que não vou citar o nome, a minha maior crítica é em relação ao uso excessivo de gírias (ok, só li 2 de seus livros, mas foi a impressão que fiquei). Quem sou eu pra dizer alguma coisa, né? Mas como leitora espero que o livro possa me apresentar palavras novas que sejam um desafio, pois sabemos que não é preciso decorar um dicionário para entender um texto mais formal, pelo contexto podemos inferir significados e é legal estimular isso. Pedrinho sabe disso e escreve livros que não serão sucessos de uma geração só, mas que serão referências do gênero para sempre.

Deu para notar que eu sou apaixonada por ele? :P
Espero ter a oportunidade de conhecê-lo na Bienal deste ano (vou pegar no bigode dele, rs).
E você, já leu Pedro Bandeira? O que acha? Quais os livros preferidos? Quer sugerir um autor para a coluna da próxima semana? Deixe seu comentário aqui, ficarei muito feliz em ler e responder.

Fontes de pesquisa: Biblioteca Pedro Bandeira e Outros.

16 comentários:

  1. Menina, tem tanta gente que escreve bem e tem até vários livros publicados, que não conhecemos bem. Pedro Bandeira é um deles. Tava lendo agora um de seus livros que consegui em PDF. Muito bom. Adorei também a matéria...

    Abraços, e vamos continuar divulgando...

    Antonielson Sousa

    ResponderExcluir
  2. Nosssssaaaaaaaa!
    um dos meus livros favoritos até hoje, sem duvidas
    é a Droga da Obediencia <3

    ResponderExcluir
  3. Do Pedro Bandeira li pouco livro dele e há muito tempo. Preciso retornar...

    PS: Vivi... vc pediu parceria e já coloquei seu link no Blogroll. É uma pagina que eu ainda estou concerando e organizando, mas seu link está lá. Acho que o Blogger não gosta de mim, eu não posso nem mexer nas postagens ou corrigir que algo da errado!

    Bjussss

    ResponderExcluir
  4. Oi Vivi, Amuuu o Pedro Bandeira!

    Tem selinhos para ti lá no blog,

    Beijokas.

    Ju

    http://caminhosdaimaginacao.blogspot.com/2011/01/mais-selinhos.html

    ResponderExcluir
  5. oii amiga!!!

    acredita que nunca li Pedro Bandeira?
    tenho muita curiosidade de ler "a droga do amor" e "a droga da obediência"

    adoreei o post, ele é um bigodudinho muito querido mesmo =D

    megaa bjoo
    ;**

    ResponderExcluir
  6. Ahh Adorei a ideia!
    Acho que quem já leu PB gosta dele ;)
    Eu tb já li toda coleção Os Karas, comecei no colégio e gostei tanto que tive que ler os outros...
    Ah nem vou comentar sobre 'aquela escritora' que vc citou.... ahahhaa. O Maldoooooosa!;P
    bjsss

    ResponderExcluir
  7. Adoro Pedro Bandeira! Ele foi um dos responsáveis pela da minha paixão pela leitura.
    Os livros dos Karas são os meus livros preferidos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Vi, tudo bem?
    Já te contei que adoro os livros do Pedro, não é? "A Droga da Obediência" foi um dos livros que mais gostei no ginásio!
    Adoro você!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH, meu bigodudinho lindo!
    Tu já sabe que eu também o adoro, mas não sabia que ele era santista, que legal *-* curso universidade na cidade do Pedro s2

    O meu primeiro também foi A marca de uma lágrima e é o meu preferido até hoje! Eu lembro que a minha tia comprou um livro diferente para cada prima minha e um pra mim, então ficavamos trocando entre nós! HAHAHAHA

    Também concordo com ele sobre escrever dentro da forma culta, até porque isso trás um pouco de conhecimento para os próprios jovens. Afinal, se eles lerem só o que tem gíria, escreverão da mesmo forma.

    ELE SIM É UM ESCRITOR COMPLETO!
    Adorei o post amiga s2
    Eliza

    ResponderExcluir
  10. Oi Vivi...
    O que eu mais gosto é o A marca de uma lágrima...

    Eu vi que vc é professora... de matemática né?! Trabalha em faculdade?

    Que bom que temos coisas em comum... podemos trocar umas figurinhas de vez em quando =]

    Beijokas

    Ju

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto bastante do Pedro Bandeira, o meu favorito dele é "A Marca de uma Lágrima".

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  12. Oi, esqueci de falar da gráfica, rs.
    Eu escolhi esse: 18x5cm / Imp. 300 / 4x1 / Brilho Frente / 100 unid. Mas esse tem coisa impressa na frente e atrás (vc faz a arte do marcador). Mas se vc quiser coisa impressa somente na frente escolhe esse: 18x5cm / Imp. 300 / 4x0 / Brilho Frente / 100 unid.
    E eu tenho que te falar, a qualidade é ótima!

    ResponderExcluir
  13. Nossa, concordo com tudo o que você disse.
    Pedro Bandeira é a minha maior referência literária. Autores como ele, são raros.
    Bjs

    Nanda
    www.fernandameireles.com

    ResponderExcluir
  14. Eu adorooo Pedro Bandeira.
    Na época de colégio tinha que ler vários livros dele e adorava.

    Bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  15. Dona Viviane!
    Dá um tempo no seu cartão de credito! Vc já tem outros livros pra comprar.... Espere!
    Já basta sua desculpa pra Patch 2! Vc disse que ia dar um tempo!
    hahhaa

    ResponderExcluir